sexta-feira, 27 de julho de 2007



inventarei um precipício de cores

voarás arco-íris

(trago o improvável aninhado sob meu chapéu)


imagem de redon

2 comentários:

alex pinheiro disse...

O improvável se faz agradável quando se gosta de aventuras, precipícios ou vôos coloridos... amei a composição poético-visual...

Abraços e significativas invenções!

Lia Noronha disse...

Douglas: vc encontrou o meu blog no da Kiara?
Abraços carinhosos pra vc.