segunda-feira, 26 de março de 2007


estendias cores
no varal da alegria
e brincavas
e saltitavas
e sorrias
e sorrias
doces manhãs
de azulados faz-de-conta
que ao mundo encantavam
rodagigantando o céu

... quem mais poderia

quem mais poderia?
imagem de dubuffet

4 comentários:

Luzzsh disse...

Teu coração é quem diz, quem mais poderia..."se" é que alguém mais poderia....

Lindo, Douglas....

Beijos...

Alê Namastê disse...

HUm...quem mais poderia!
Beijos*

diovvani mendonça disse...

Uma saudade materna, me espiou de dentro de seu poema. MontanhosoAbraço.

adelaide amorim disse...

Um poema delicioso, Douglas.